ESPIRITISMO E ARTE

“O Espiritismo irá depurar a arte que conhecemos e esta arte, depurada, será aquela inspirada nos ensinamentos da Doutrina Espírita”. (Espírito Rossini em Obras Póstumas)


Arte no I ENAE

Durante os dias 24,25 e 26 de abril de 2015, no Hotel Ritter em Porto Alegre ocorreu o I ENAE – Encontro Nacional do Atendimento Espiritual do Centro Espírita. O Encontro contou com a participação de 26 federativas estaduais e com a presença de Jorge Godinho, presidente da FEB, Roberto Versiani secretário geral do CFN, Helio Blume coordenador da Área do Atendimento Espiritual, Maria Elisabeth Barbieri presidente da FERGS.

Jonas Demeneghi, músico e trabalhador espírita de Santo Ângelo, nos encantou com suas belas composições de seu CD “Na Busca da Essência”, na abertura do evento. A apresentação também contou com a participação de Liamara Nascimento em duas músicas.

No encerramento o momento artístico foi realizado pelo Grupo de Teatro Lumi com a esquete teatral “Em cada amanhecer” que fez referência à Parábola do Filho Pródigo.

Anúncios


SensibilizArte

todos

No dia 19 de abril de 2015, das 9h às 12h, no Atheneu Espírita Cruzeiro do Sul em Porto Alegre (RS), aconteceu o SensibilizArte. O evento foi promovido pela Federação Espírita do Rio Grande do Sul, organizado pela Assessoria de Arte na Difusão Espírita e a Área de Infância e Juventude da FERGS.

Destinado a evangelizadores, coordenadores e diretores de Departamentos e Áreas da infância e juventude espírita, bem como a Grupos de Programações Juvenis (GPJ´s) o evento contou com a participação de representantes de inúmeras instituições espíritas das cidades de Porto Alegre, Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, Caxias do Sul, Gravataí, Viamão, Ósorio, Bento Gonçalves, Ijuí, Passo Fundo e Santa Cruz do Sul.

Coordenado pelo paranaense Edmundo Cezar, ator e diretor teatral espírita e membro do Conselho Doutrinário da Associação Brasileira de Artistas Espíritas (ABRARTE), o trabalho transcorreu em clima de harmonia e participação de todos, por meio de exposição, perguntas, reflexões e discussões em grupo, sobre temas como: Qual importância da arte no ambiente espírita?; Prática da Arte no Centro Espírita; O que convém e o que não convém?; O que precisa e o que não precisa?; Qual o papel de cada um?

Durante a atividade ainda ocorreram momentos artísticos, sob a responsabilidade do Grupo Musical
+ Amor, Grupo Pétala, Dani Ângelo (Evangelizar é Amar) e Grupo Sol.

 


Oficina Elementos do Trabalho do Artista Espírita

IMG_9284

Em  um  evento  destinado  a  artistas  espíritas,  Edmundo  César,  artista  e  membro  do  Conselho  Doutrinário  da Associação Brasileira de Artistas Espíritas (ABRARTE) ministrou a oficina “Elementos do Trabalho do Artista Espírita”, neste sábado, dia 18, na  Sociedade  Espírita Caminho da  Luz, em Porto Alegre (RS). Uma promoção da  Federação Espírita do Rio Grande do Sul (FERGS), o evento reuniu 35 pessoas das mais diferentes áreas artísticas. Durante três horas, das 14 às 17 horas, os participantes foram envolvidos em diversas atividades interativas, exercícios teatrais, apresentações musicais e discussões em grupo.

Para Edmundo César, a arte no movimento espírita é a oportunidade de promover a evangelização do espírito, a formação do homem de bem, através do sentimento. “Esse trabalho se reveste de importância na medida em que é feito  a  partir  da  codificação  kardequiana”,  explica.  Assim,  segundo  ele,  os  trabalhadores  dos  centros  espíritas voltados para a arte e que estão começando, têm uma base sólida a partir da doutrina espírita no “Fazer Artístico”.


Capacitação do Voluntariado FERGS

A Federação Espírita do Rio Grande do Sul, por meio de sua assessoria de Arte, promoveu neste sábado, dia 18 de abril, uma capacitação de voluntários, em parceria com a Associação Brasileira de Artistas Espíritas – ABRARTE. O evento, que contou com uma palestra de Edmundo César, que é artista e membro do Conselho Doutrinário da ABRARTE, foi realizado no auditório da FERGS, em Porto Alegre, entre 09h e 12h.

Mais de 30 pessoas, entre dirigentes e representantes das áreas e coordenadores de setores estiverem presentes e acompanharam a palestra informativa sobre a conscientização das Áreas e seus colaboradores. Houve muita interatividade e efetiva participação de todos na troca de informações e conhecimentos.

O evento também contou com a presença de artistas fazendo apresentações musicais na abertura e no encerramento.


Cadastro de Grupos de Arte e Artistas Espíritas do Rio Grande do Sul

IMAGENS FORMULARIO

A  Assessoria de Arte na Difusão Espírita, que  em  conformidade com o  Regimento Interno da Federação Espírita do Rio Grande do Sul em seu Art.201, tem os seguintes objetivos:

I- A difusão da Doutrina Espírita por meio da Arte;

II- A capacitação técnico-pedagógica e doutrinária dos trabalhadores da arte no Movimento Espírita;

III- Promover e orientar o uso da arte nas instituições espíritas e órgãos de unificação,

Criou o “Cadastro de Grupos de Arte e Artistas Espíritas do Rio Grande do Sul”. Se você integra um Grupo de Arte ou é Artista Espírita cadastre-se! Assim manteremos contato e trocaremos informações sobre eventos, convites, notícias relacionadas a Arte e Espiritismo.

CADASTRE-SE AQUI!


Pintura Mediúnica na FERGS

No dia 29 de novembro, às 18h, a médium Maria Gertrudes Coelho esteve na Federação Espírita do Rio Grande do Sul para uma reunião de psicopictografia (pintura mediúnica).

Após dar as boas vindas aos presentes a presidente da FERGS- Maria Elisabeth Barbieri, passou a palavra para a vice-presidente Doutrinária – Rosi Possebon, para proferir a prece de abertura.

Com muita emoção Maria Gertrudes falou sobre as bênçãos recebidas através da tarefa mediúnica quando ela é alicerçada no Evangelho de Jesus. Após fazer uma breve fala sobre um trecho do livro “O Evangelho Segundo o Espiritismo” iniciaram as atividades de psicopictografia.

Com uma agilidade impressionante a médium pintou com as mãos (sem pincel) mais de dez quadros de diversos tamanhos e estilos em torno 45 minutos. Após concluir os últimos traços de cada tela era possível ver a assinatura do pintor Espiritual das obras podendo citar alguns, como Von Gogh, Monet, Velázquez e Portinari.

Maria Gertrudes Coelho é natural de Ituitaba/MG. Bacharelou-se em direito na universidade de Uberlândia. Funcionária do Banco do Brasil até aposentar-se em 1994. Inúmeras vezes visitou o médium Francisco Cândido Xavier, em Uberaba. A convivência com o Chico e seu amigo Jerônimo Mendonça, muito a amadureceu na fé raciocinada.

Construiu, em 1981, em Ituitaba o Centro Espírita Recanto da Paz. Começou a psicografar, orientada por seu guia espiritual Alfredo Júlio Fernandes e, no final de 1995, eclodiu a mediunidade de psicopictografia através do célebre pintor inglês Joseph Turner.

Criou a fundação Espírita Jerônimo Mendonça, uma escola para jovens carentes na faixa etária de 04 a 18 anos.

Toda a renda obtida de seus quadros mediúnicos e livros é revertida em prol da manutenção da escola (fundação), cujo o lema define seu objetivo: “Eduquemos o jovem através da arte com Jesus e transformemos as prisões em museus.” Sobre esta escola, disse-lhe Chico Xavier: “Precisamos ter uma base de ensinamentos que nos ajude a pensar que o Criador está entre nós.”

Psicografou diversos livros, alguns deles:

– Jerônimo Mendonça, sua vida e sua obra;

– Entre a Razão e o Coração;

– Chico Xavier, o Coração do Brasil;

– Cornélius, O Centurião que Viu Jesus;

 Joseph Turner é o guia espiritual da pintura mediúnica de Maria Gertrudes, que se apresentou a ela em dezembro de 1995. A médium serviu de instrumento para diversos pintores espirituais, como: Renoir, Monet, Von Gogh, Rembrandt, Picasso, Portinari, entre outros.

A médium costuma dizer que a vida sem Jesus seria uma ilusão e o mundo desprovido de beleza. Jesus é o sublime educador de nossas almas