ESPIRITISMO E ARTE

“O Espiritismo irá depurar a arte que conhecemos e esta arte, depurada, será aquela inspirada nos ensinamentos da Doutrina Espírita”. (Espírito Rossini em Obras Póstumas)

V EMUSE “Vivenciando na arte a plenitude do amor”

5-emuse-finalmenor

O V EMUSE com o tema “VIVENCIANDO NA ARTE A PLENITUDE DO AMOR ocorreu na cidade de Santa Maria nos dias 29, 30 e 31 de março de 2013.

Já na chegada podia-se sentir o clima de muita amizade, confraternização e amor nos corações. O cuidado e o carinho com o qual os organizadores do encontro, o Grupo de Música Espírita Arte e Luz organizaram tudo já demonstrava isso.

A abertura oficial do encontro ocorreu após  muita música de elevada vibração executada pelo grupo Arte e Luz. Na cerimônia de abertura a emoção tomou conta de todos com  as várias expressões artísticas como música, dança e expressão corporal que proporcionaram um momento sublime aos corações.

???????????????????????????????

Neste momento foram chamados os representantes de 9 regiões federativas presentes ( CRE 1, CRE 2, CRE 3, CRE 4, CRE 6, CRE 7, CRE 8, CRE 11, CRE 12),  representantes das delegações dos estados do Paraná, Santa Catarina, Minas Gerais e Rio de Janeiro e Distrito Federal e também a delegação vinda do Uruguai. Ao todo eram 312 participantes.

???????????????????????????????

A oração do Pai Nosso em forma de música encheu o ambiente de luz e na vibrada oração feita pela presidente do CRE 4 Mary Ângela Amorin, foi lembrada a imagem de Maria de Nazaré que ilustra o cartaz do V EMUSE, a quem a cidade de Santa Maria deve o nome. Na ocasião Mary Ângela rogou a Maria Santíssima o auxílio do plano espiritual elevado para que trouxesse a essa cidade tão sofrida pelos últimos acontecimentos a “esperança no porvir”.

O momento de muita beleza foi quando os integrantes do Arte e Luz saíram a abraçar os participantes que acompanhando o gesto foram abraçando-se todos ao som da música “Renovar”.???????????????????????????????

Ângela coordenadora do EMUSE e Renato um dos coordenadores do Grupo Arte e Luz deram as boas vindas  e as orientações gerais do evento.

???????????????????????????????

Após os participantes partiram para suas oficinas de arte conforme escolha feita no momento da inscrição: Bolemuse, Dramatização, Canto Coral, Dança, Poesia, Arte de Viver, Arte na evangelização, Criação musical e oficinas infantis para os filhos dos participantes. Também havia três oficinas itinerantes. Uma levando o nome do tema do encontro “Vivenciando na arte a plenitude do amor” realizada pela Georgina (DAFA FERGS), a segunda com o tema “Amor” ministrada pelo Paulo (RJ). Ambas oficinas eram obrigatórias para todos os participantes. A terceira, “História em quadrinhos”, foi realizada pela Sheila (DIJ FERGS) e estava presente apenas em três oficinas: Artes plásticas, Bolemuse e Arte na evangelização.

A noite de sexta feira encerrou o primeiro dia do EMUSE com apresentações artísticas de vários grupos e a manhã de sábado, 2º dia de EMUSE, começou lindo e ensolarado.

DSCN9443

Delegação uruguaia. Entre eles Pablo Javier Arias Castillo, presidente da Federação Espírita do Uruguai com Márcia Albuquerque, voluntária do DIJ FERGS. Dois países unidos em torno da Arte Espírita.

Como não poderia ser diferente, o grupo Arte e Luz iniciou o dia com muita música espírita. Após prosseguiram as oficinas.

À noite fomos presenteados com belíssimas apresentações artísticas de grupos de arte de várias cidades do estado:

  • Grupo das oficinas da Infância no EMUSE
  • Grupo Arte com Jesus de Julio de Castilhos
  • Grupo Irmão X da Sociedade Espírita Humberto de Campos de Canoas
  • Grupo da Sociedade Espírita Allan Kardec de Esteio
  • Grupo de Música Espírita Amor e Luz de Ijuí
  • A dupla Anderson (Rio de Janeiro) e Igor (Uruguaiana)
  • Grupo Espírita de Arte Renascer, unidades de São Leopoldo e Caçapava do Sul
  • Despertarte de Canoas
  • Harmonizarte de Uruguaiana
  • Grupo de dança Laços, com integrantes de Porto Alegre, Canoas e Nova Santa Rita com colaboração do grupo Harmonizarte de Uruguaiana
  • A bailarina Vera de Julio de Castilhos
  • Grupo Arte e Luz

Ao mesmo tempo, enquanto transcorriam as apresentações, duas médiuns criavam centenas de pinturas mediúnicas e trabalhos em giz pastel que depois foram entregues a cada confraternista.

DSCN9532

O  momento de prepararmo-nos para o repouso do corpo físico foi de uma beleza que só o amor vivido em plenitude pode ter. O Grupo Arte e Luz no centro do ginásio com seus violões, outros misturados ao restante das pessoas que de mãos dadas formaram círculos, ao som de música sublime e tendo ao fundo a imagem de Maria de Nazaré de braços abertos acolhendo a todos. A energia foi intensa, as lágrimas não encontravam obstáculos e conseguíamos sentir a espiritualidade elevada envolvendo a todos nós.

Durante todo o encontro, enquanto os confraternistas se encontravam em suas oficinas, familiares dos jovens desencarnados na tragédia em Santa Maria tiveram a oportunidade de assistirem palestras e oficinas com a equipe de expositores espíritas de Minas Gerais Vinícius Lara, Angélica Moraes e Armando Falconi, que trataram de temas como saudade, amor, dor, sofrimento, como lidar com a perda de pessoas amadas, Deus, imortalidade do Espírito, reencarnação e outros temas de relevante importância para ajudar no entendimento e no trabalho dos sentimentos de perda de cada um deles. Na ocasião Armando Falconi, autor do livro Perda de pessoas amadas, entregou a cada família um exemplar de seu livro e também um exemplar do Evangelho segundo o Espiritismo.

DSCN9490

Passou rápido. Chegou o  último dia do V EMUSE e esse dia prometia ser de muitas emoções, pois estávamos nos encaminhando para o final desse encontro de luz e bênçãos.

Esse era o dia de cada oficina preparar sua apresentação e mostrar no encerramento. Um clima de muita amizade, companheirismo e união predomina  em todos os grupos. O resultado de todo o trabalho e aprendizado seria compartilhado entre todos. E o resultado não poderia ser outro. A cada apresentação uma beleza, uma harmonia, “o belo servindo o bem”.

 No encerramento muita emoção tomou conta de todos com a música cantada pelo coral criado na oficina de Canto Coral e dedicada aos jovens desencarnados na tragédia em Santa Maria. Após a música e ainda ao som das vozes que entoavam a melodia em volume baixo, Renato do Arte e Luz leu a mensagem mediúnica recebida durante o EMUSE, de um dos Jovens da tragédia na boate Kiss, agora chamados “Jovens de Maria”. Sim, eles não são mais os jovens da Kiss, agora se encontram acolhidos na colônia espiritual Maria de Nazaré, localizada acima da cidade de Santa Maria.

A mensagem é dirigida especialmente aos jovens e fala no engano de se viver para o mundo. Em breve postaremos a mensagem.

DSCN9598

No encerramento, todos unidos de mãos dadas entoaram algumas das belíssimas músicas cantadas pelo Arte e Luz. Cada um recebeu um novo crachá, e esse não mais continha o nome de cada um visto que agora éramos todos iguais, todos semeadores, e deveríamos multiplicar tudo o que lá recebemos. Cada confraternista foi carinhosamente abraçado por um dos integrantes do Arte e Luz e recebeu um lindo coração pendurado ao pescoço como recordação do V EMUSE. E como não poderia deixar de ser, esse abraço foi multiplicado e então foram muitos os abraços, lágrimas de alegria pela oportunidade de lá poderem ter estado, despedidas, promessas de reencontros e a certeza de sairmos de lá diferentes de quando entramos. Somos agora “águias novas” que se desfizeram de seu bico, unhas e penas velhas para que crescessem novamente e pudessem operar  a transformação.

Obrigada a toda a equipe do Arte e Luz por nos proporcionarem no V EMUSE, “VIVENCIAR NA ARTE A PLENITUDE DO AMOR”.

Por: Márcia Albuquerque

Anúncios

Os comentários estão desativados.